sexta-feira, 29 de julho de 2011

Pipi, quem és tu miúda?




Versão alternativa da letra original:

Quando postas no teu blog
Como um diabo que rebola
Os teus pés, não merecem esse chão

E a cada post teu
Sem saber, eu panico no meu
Como se maltratasses o meu coração
E o meu "é só" um blog
Eu é que mudo de cor, ao ver-te borrifares-te

Eu já não sei mais o que fazer
Com estas palpitações, estes calores

Quem és tu ...
Quem és tu ...
Piiiiiiiipi
Nessa alegria, nessa amena cavaqueira
Quem és tu ...
Piiiiiiiipi
Que me atormentas, me cansas a beleza
Quem és tu ...
Piiiiiiiipi
Piiiiiiiipi quem és ...

Há certos momentos em que eu acho
Que não passas de uma ordinarona
Uma galdéria, uma desocupada
E cá estou eu de sentinela
Por-me a espreita, no google reader
E tu nem sequer, me pedes licença ou não
E até os velhos do jardim
Me dizem que não és um hate blog :(

Eu já não sei mais o que fazer
Com estas palpitações, estes calores


Quem és tu ...
Piiiiiiiipi
Quem és tu ... Piiiiiiiipi
Nessa portaria, Nesse chinelo raso
Quem és tu ...
Piiiiiiiipi
Que me desidratas, me fazes dói-dói
Quem és tu ...
Piiiiiiiipi

Quem és tu ... Piiiiiiiipi
Piiiiiiiipi quem és .... Piiiiiiiipi
Piiiiiiiipi quem és tu ... Piiiiiiiipi
Piiiiiiiipi quem és ... Piiiiiiiipi
Piiiiiiiipi, quem és tu ... Piiiiiiiipi
Piiiiiiiipi, Piiiiiiiipi ... Piiiiiiiipi

19 comentários:

Barroca disse...

Ó pipis, vocês deviam publicar esta nova versão da música cantada por vocês, isso é que era de gritos!, quanto mais não seja porque devem ser desafinados para catano! :P

fica a sugestão.

S. disse...

Deviamos era agradecer todos à Senhorita Feiticeira por dar motivos à Pipi ou às Pipis para continuar/continuarem com o Blog com posts cada vez melhores.
Afinal estás viva. A PIPI NÃO MORRE NUNCA pessoal!

Cláudia disse...

Eu não entendo o porquê desta guerra toda.
MAs será que as pessoas vivem os blogs como se fossem as suas vidas reais?

O que seria destas pessoas se não existissem blogs ou internet? Estariam feitas porteiras (agora parece que é uma expressão da moda), a cuscar as vidas dos vizinhos?

Deviam ser todas como a S* (e outros), que aceitam a sátira e não é por isso que deixam de escrever nos blogs.

Quando é que as pessoas que se queixam, percebem que este blog quer brincar e não gozar ou criticar?

Será que as pessoas são assim tão mesquinhas ao ponto de só conseguirem ver maldade em tudo o que mexe?

POrra para vida difícil já bastam os empregos precários, o governo, a troika, o preço da gasolina, dos transportes públicos e vá o vento que se faz sentir na praia e não me deixe comer bolas de berlim à vontade.

Ganhem vida, os blogs são os blogs e a vida real é a vida real!

O que é que interessa saber quem é a Pipi? Será que isso é assim tão importante para a realização pessoal?
Por mim a Pipi pode ser a Maria da Esquina ou o Zé das couves!

Cláudia disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Nuno e Paula disse...

E para quando o videoclip? Estamos à espera Piiiiiiiiiiiipi!

Anónimo disse...

Bogue de paneleiros e paneleiras.
Este blogue é uma negação do ser humano.
É um esgoto.
Tarados e taradas com conversas de merda.
Este é o nível do paneleiro português?
Gente bizarra.
Mas vocês são o quê?
Cús angustiados ou merdas de panascas?
Este blogue é uma nojeira!

Anónimo disse...

Ó panascas, vou aranjar maneira de publicar os posts deste blogue na Assembleia da República para se ver que vocês não passam de gente reles, invertidos e com discurso de latrinas.

Anónimo disse...

Ó panascas, vou aranjar maneira de publicar os posts deste blogue na Assembleia da República para se ver que vocês não passam de gente reles, invertidos e com discurso de latrinas.

Joana disse...

A mim parece-me que dás mais trabalho do que prazer. Em todos os problemas que existiram na blogosfera vejo sempre o teu nome. Escreves merda atrás de merda e a maioria dos posts que fazes é para falar sobre outros blogues que dizem isto e aquilo de ti. Não tens assunto?Um blogue serve para escrevermos, lamento que não o saibas fazer. Quero lá saber quem és e sinceramente quem devia apagar o blogue eras tu.
Se não apagas pelo menos não chateies os outros.

Anónimo disse...

Este blogue é de gente merdosa que gosta de levar nú.
Panascas!

Anónimo disse...

Pois claro... os blogs a falar de merdas tipo trapos,bujigangas, viagens, festas, jantares, pseudo-famílias felizes, madres teresa de calcutá e afins é que são bons! Ui, é uma benção pós sentidos... daaasssss mas é prá gentalha tipo aperitivos doces, merda no cueiro, alinhadinhos e afins... NOJOOOOOO!

Filipa disse...

Eu acho que aqui a questão não é quem é nem quem deixa de ser a pipi e seus sucedâneos.
Aqui o que importa saber é:
Porque é que o grande grosso (não vou ser mais boçal que isto, descansa) dos anónimos, se concentra aqui?


Ahhh, como se me desassossega a alma por não conseguir compreender estes pequenos quês...

pipi das meias altas disse...

não sei, Filipa. Queres explicar quando souberes?

Pedro Almeida disse...

Posso fazer uma crítica de fã, posso?

Vocês têm moderação de comentários, não têm?
Então porque aprovam todos estes comentários boçais vindos de anónimos?
Aliás nem deviam sequer aprovar nenhum comentário de utilizadores não registados no blogger.

Pronto, é só a minha opinião.

Continuação de bom trabalho.

Manuel disse...

Viva a Pipi, carago!

Homem que é homem gosta de Pipi!

Filipa disse...

Pedro Almeida, é bem.

Pipi, agora não tenho muito tempo livre e o assunto merece a minha melhor atenção.
Quando voltar ao activo, tratarei disso como se, de facto, me importasse, ok?
Cá beijinho.

pink poison disse...

Fodas, fechem esta merda, cheira pior que um esgoto

pipi das meias altas disse...

Filipa, por favor tente não se demorar, sim? Até lá não sei como viveremos, mas vamos tentar.

Cocas disse...

Gente que é inteligente AMA A PIPI..tudo o resto são uns infelizes anónimos que andam aqui a cheirar, se é um blog de merda que andam cá a comentar? Não gostam, não comem, mas pelos vistos a merda da Pipi é apelativa. Todo palhaço vem cá dar opinião! ( alguém lha pede?) VIVA A PIPI! Sou fã desde que soube do blog ( até já fiz parte dele!) Ai a falta de vida desta gente! Não vão de férias?