terça-feira, 28 de junho de 2011

Ainda não foi confirmado mas...

Até um dia, puto. antes de ires para o outro lado, deixa que toda a gente saiba que eu te conhecia pessoalmente e até te tinha prometido um jogo...

Aqui

10 comentários:

Pedro Almeida disse...

Tenho a certeza quem em breve dezenas (centenas?) de jornalistas vão exclamar:
"Foda-se! Até que enfim! Nunca mais dava para dizer que o gajo morreu mesmo"
Com a outra tiveram azar, esteve vai não vai, mas não foi.

É impressionante o nível a que desceu o "jornalismo" português no espaço de 10/15 anos.



(este meu comentário refere-se aos jornalistas portugueses em geral e não surge em sequência do que escreveu a visada neste post...só para que fique claro)

Anónimo disse...

disgusting, o original...

stantans disse...

infelizmente, foi confirmada a morte cerebral durante a tarde. ou seja, a morte. só faltava desligarem as máquinas

Anónimo disse...

oh pipi e não foste ao norte envergar um cartaz?

Anónimo disse...

Concordo com o Pedro Almeida...

Agora na blogosfera, vão chover comentários de gente que (antes) o vaiavam, a elogiá-lo.

Sobre o post em questão...pois... agora que ele faleceu não dá como provar que ele não conhecia a personagem de lado nenhum, certo? Pois... típico. Se calhar mais valia estar calada, pois mesmo que seja verdade, fica... ridículo e tão oportunista.

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Pensava que este blogue, escreveu um dia a própria autora, não gozava com "sentimentos". Mas a palavra pode ter outro significado para quem aqui escreve.
E quanto às pessoas que acham que é fácil escrever profissionalmente sobre a morte de alguém...não podiam estar mais enganados, até porque com o passar do tempo vamos, inevitavelmente, criando laços com algumas dessas pessoas.É o caso do Angélico, foi o caso do António Feio a tantos outros...
Acho vergonhosos haverem pessoas que acreditam que os jornalistas são "abutres" quando se fala da morte de alguém.

Anónimo disse...

só a Sónia Brasão não nessa lote?

Anónimo disse...

Então uma jornalista escreve "haverem" pessoas....menina Pipoca, vamos lá rever a conjugação do verbo "haver"....

Disponha sempre!

eu disse...

O giro é que desta vez não lhe deu para desancar o amigo porque foi para um hospital público. Critérios, é? Quais?

Anónimo disse...

Oh meu Deus... Quem é esta criatura da pipoca das chinelas? É tão triste este tipo de gente. looool "deixa que toda a gente saiba que te conhecia, até te levava um jogo" Pipi como sempre, cáustica e infelizmente, sempre certeira.