terça-feira, 3 de maio de 2011

Pipi, essa bomba intelectual

A I. (espero que esteja bem escrito, engano-me sempre no teu nome) lançou um desafio à pipi. A pipi pediu ajuda à mc que respondeu "lol. naõ. naõ mejmu". A pipi faz sozinha, é uma mulher auto independente e sem medo de mostrar aos outros o seu decote (isto não é prá pipipolaridades? ora foda-se, apaga-me essa merda já então) aos outros a sua cultura. cá vai disto evaristo. Embrulha que é das caldas. Xiça penico.



1 - Existe um livro que lerias e relerias várias vezes?

Sim. O do principezinho. Deixaram-me imensas dúvidas. Para já ele fala com raposas, quando falo com animais eles não respondem e a ele respondem. Injusto. Depois ele combina com animais em campos de trigo e eu, um dia, combinei com o Ricky e perdi-me naquilo e foi preciso um bombeiro numa grua para me encontrar. Depois aquilo não é um chapéu, é uma linha de coca com um calhau de haxixe no meio, não é um chapéu nem sequer um elefante. As jiboias não comem elefantes. Acho o livro uma fraude, as rosas não falam, as raposas também não e eu não gosto de me sentir enganada.


2 - Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
Sim, O livro de português do nono ano. Ainda está ali para acabar.

3 - Se escolhesses um livro para ler para o resto da tua vida, qual seria ele?

"Sexo e a cidade", cada vez que leio o livro, encontro pRomenores que me cativam (aprendi a palavra cativar com a vaca da raposa). Ele é os sapatos que afinal tinham 7 centímetros e meio, é o bordado da camisa da Carrie [love you Carrie, miss you, compra um livro à take us to nowhere, darling] ele é o Mr big que a agarra pela cintura, a aperta e ela sente o membro dele a pulsar de paixão, essas coisas eu nunca me farto, fazem-me sentir viva.

4 - Que livro gostarias de ter lido mas que, por algum motivo, nunca leste?

"o livro" do José Luis Peixoto. Estou à espera que lhe dêem um nome para poder, enfim, agarrar nele.

5- Que livro leste cuja 'cena final' jamais conseguiste esquecer?

Quase todas as biografias me deixam triste porque no fim, vai-se a ver e eles morrem e eu não gosto quando eles morrem. A biografia do miguel jakson, por exemplo, fiquei triste. O da Marilyn monroe também, ela morre no fim e eu acho isso injusto.

6- Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se lias, qual era o tipo de leitura?

Eu lia muito os rótulos das garrafas do meu pai e as bulas dos comprimidos da minha mãe, acho que foi isso que me fez crescer em mim essa ânsia de ler

7. Qual o livro que achaste chato mas ainda assim leste até ao fim? Porquê?

Tive que ler até o fim o livro "anda brincar comigo" da quarta classe. Achei chato mas era isso ou reguadas e eu não gosto de réguadas. Chamem-me esquisita mas prefiro ler do que levar réguadas. Aquilo dói.

8. Indica alguns dos teus livros preferidos.
han?


 
9. Que livro estás a ler neste momento?
Eu gosto muito do google reader. Está sempre actual, é bom e não se repete. Gosto também da caras online, do bloglines, da TV7 dias porque sei que um dia irei aparecer lá. Prontos, acho que já me dei a conhecer um pouco.

16 comentários:

I. disse...

Ai, Pipi, sabia que não me ias desapontar. E dás uma bela sugestão, não sabia que havia livro do Sexo e a Cidade! Tenho de comprar :)

(o Princepezinho é uma fraude, aquilo é tudo inventado! Tudo!)

Mie disse...

Les mais do que eu :)

Mie disse...

Les mais do que eu :)

Anónimo disse...

só alguém muito burro como tu é que não percebe que a raposa do principezinho é uma metáfora.

achas que tendes muita piadinha mas não passas de uma ignorante.

€%$@ disse...

Ai Pipi, como eu te compreendo. As biografias são tristes e previsíveis. E as editoras são umas oportunistas e capitalistas! A maioria delas só publica essas coisas quando os próprios intervenientes já bateram a bota.

Quando sair a do Bin Laden, vais ver como ele vai morrer no fim.

pipi das meias altas disse...

Não é não. Há desenhos a comprovar que é mesmo uma raposa :(

pipi das meias altas disse...

Prontos, mais uma que me contou o final do livro. O bin laden morre? coitado... não merecia. Prisão sim, tipo alta segurança agora morte? ninguém merece...

Anónimo disse...

não estou a falar da própria raposa. estou a referir-me à relação entre o príncipe e a raposa. tu achas que tens piada, que podes fazer sátira, mas nem conheces o recursos estilístico chamado metáfora.

pipi das meias altas disse...

Sei sim o que é uma metáfora. É uma medida métrica mas nas raposas o tamanho não conta . Burro.

I. disse...

Ai que escrevi mal principe! É o que dá não ter sangue azul, o povo troca tudo :(

provocação disse...

Eu já comi metáfora, uma vez que fui a Aveiro. Era tenrinha.

Julie D´aiglemont disse...

A Pipi é o Nuno Rogeiro da blogosfera: sabe de tudo! Eh!Eh!Eh!

Teresa disse...

Meu Deus! Não consigo parar de rir! Tudo começou ontem (está no meu FB) agora venho aqui e dou com isto?!

Post e comentários estão de ir às lágrimas. Gosto especialmente deste:
«pipi das meias altas disse...
Não é não. Há desenhos a comprovar que é mesmo uma raposa :(»

Nonsense absoluto e hilariante.

Anónimo disse...

Oh, não sejam mázinhas e contem tudo!
Até agora só encontrei a leitora de livros do Poirot escritos por Agatha RUiz de la Prada.
Partilhem com o resto da malta, pleeeeeeeeease!

Anónimo disse...

Devo acrescentar que essa Agatha é muito prendada: escreve e desenha roupas ao mesmo tempo!

Barroca disse...

A metáfora é uma medida métrica! :P

Essa foi mesmo bem metida. U r bitch, pipi!