terça-feira, 26 de abril de 2011

Aqui só festeja o que eu quero

E o dia da Liberdade não é um deles. Percebem? Eu cá acho que o dia da Liberdade, é o dia dos comunistas e tenho a liberdade de não o festejar. Eu cá sou assim, posso deturpar factos históricos e dizer que são a minha opinião.
Cerca de dois ou setetenta parvalhões vieram aqui, à minha [!] [propriedade minha!!!] caixa de comentários, dizer: Oh Pipi, mas só o facto de poderes manifestar a tua opinião já é uma conquista deste dia. Esses comentários serão eliminados porque isto aqui é uma ditadura. Ahahahah. A mesma ditadura que eu critico, como se percebesse alguma coisa disso. Já aqui falei que acho que o Kadafi é mau! :(
Por falar em ditadura, já mudavam o nome do raio do dia. Dia da Liberdade ou Revolução dos escravos. For God's sake, uma coisa com este nome nunca será grande coisa!!! Já para não falar na data escolhida. Lá nos Estates, o dia maior da aldeia deles é o 4 de Julho, ou seja, em pleno Verão :) Mas aqui escolherem Abril :( Chove muito em Abril :( Raios partam os pobres [!] revolucionários!

E não me enervem que eu não tenho tempo de eliminar mais uns 50 comentários e escrever mais uns 100 posts sobre isso! :) Ai, tão tired!
 daqui

9 comentários:

troll blogger disse...

O transplante dessa gente! Comunistas E anónimos.

Anónimo disse...

A ignorancia é atrevida.
Se bem que acho que é mais que ignorancia.
Talvez algum tombo, de cabeça no chão,quando era criança. Ou algum atrasozinho mental.

N disse...

pá. fico mesmo irritada com a burrice das pessoas.
bem, pipi.

Anónimo disse...

A imagem, o palavreado, os comentários. Que anedota mais triste.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
salgados disse...

A tipa para além de ser saloia, também é burra.
Boa PiPi !

Bombocaa disse...

Ó burrice...

Anónimo disse...

PIPI amiga aquele blogue ( o love etc ) é uma fonte inesgotável de comédia e de inspiração para a sátira. bem que podia haver um blogue só para satirizar aquele.

Anónimo disse...

então e aquela frase "é coisa de maricas"?
bom, antes ter um marido gay que um marido abusivo (um comportamento que ela amplamente publicitou).