terça-feira, 15 de março de 2011

Vendo bem, tipo assim, dando uma volta de 360º ao assunto, nem tudo é mau

Lá no meu curso ensinaram-me a olhar sempre para o lado positivo de todas as situações, por mais desesperantes que elas possam parecer/ser. Foi por isso que quando me morreu o periquito, eu tirei uns dias de férias, lá do meu curso, porque o desgaste emocional foi tremendo e eu precisava desanuviar a tola. E se é certo que por causa disso, deixei uma disciplina por fazer, que arrastei e arrastei e arrasteeeeeeeeeeeei, não é menos verdade que nesses tais dias de férias pude aproveitar para ir ao evento "Quem é mesmo bom compra na avon" (ler o "v" como "b", mesmo à norte, carago!). Façam como eu amygas, os trocos que poupam da dieta (que não são assim tantos que o diabo dos comprimidos são mais caros que o pão e o queijo e o leite e os ovos e os bifes e o arroz e o feijão e a massa), invistam-no em produtos de beleza.

2 comentários:

Anónimo disse...

esse curso de psicologia de certeza que é pior que tirar um de medicina de tão complicado que é

the woman who sold the world disse...

Há pessoas de uma estupidez fora de série.