segunda-feira, 7 de março de 2011

ahahahah, eu sou tão irónica e ninguém me percebe

No seguimento dos 347 posts sobre dietas, escrevi que ia tomar um daqueles chás milagrosos para ampliar o efeito dos comprimidos que queimam a gordura enquanto se está a passar pelas brasas e não é que as minhas amygas acreditaram? Oh my God... Ainda me lembro dos tempos em que eu usava a ironia, a hipérbole, a metáfora e a onomatopeia para escrever e vocês me percebiam. Agora não... Agora essas miúdas de 15 anos que me seguem, ficaram a pensar realmente que eu ia mesmo tomar aquilo e desataram a mandar mails para o meu consultório online, pedindo dicas e conselhos. Amygas, helloooooooo, é mais fácil vomitar no fim da refeição. Assim os vossos pais não vos descobrem os chás nem os comprimidos, não desconfiam de nada, não vos chateiam e vocês continuam leves e doentes. Não é o máximo?! Ah ah ah ah, sou tão irónica, a sério. Ah ah ah ah

9 comentários:

Anita disse...

Dear god (cof cof cof estrangeirismos...)
Esperemos que percebam a ironia à segunda tentativa, senão ainda te aparecem os pais das moças à porta!!! :-/

Anónimo disse...

Tu sabes o que fizeste, Petite.

Teresa disse...

Só uma pergunta: o que é que essa tal Petite tem que ver com isto?
Infelizmente julgo saber quem é, tropecei uma vez num blogue dela.

provocação disse...

Xi, de quem me lembraram agora... da "o meu marido é juíz e temos isto e aquilo e o outro e sou tão boa e o mundo é que não sabe, pequeno extra tenho a formação pessoal de um penico cheio mas cheio daquilo para que foi projectado".
Có' horror!

Anónimo disse...

A Petite é a dona deste blogue, juntamente com outros petites que andam por aqui.

Teresa disse...

Anónima, não é seguramente da mesma Petite que falamos.
Aquela a quem me refiro era completamente destituída de sentido de humor e limitava-se a vomitar golfadas de ódio e arrivismos parvos. Até punha Chamonix na Suíça, que acho uma deslocação geográfica prodigiosa. Tal pessoa nunca seria capaz de escrever este blogue. Para começar, porque não tem maldade, e a maldade é indissociável dela.
Em segundo lugar, porque não tem grandes erros de português a assinalar - coisa que também não se pode dizer dela.

Não tenho a mais pálida suspeita de quem seja a Pipi, e é assim mesmo que acho giro.

provocação disse...

Pois eu aposto que sei quem é a Pipi. Aposto mesmo em loucura de casino, roleta a andar e eu a pegar nas fichas todas, mesmo as que têm 5000 e 10000 e uns brilhantinhos ao redor em como a pessoa que tenho em mente é a que de facto escreve. E ainda tiro um velho anel do dedo e entrego-o que se não estou certa pois recuso-me a continuar com os objectos de sempre que me caracterizam.

Ah, tivesse eu tanta coisa garantida na vida... beijinho na Pipi, ui, beijinho na Pipi é bom (tinha que estragar tudo logo com a Pipi que gosta pouco de cenas explícitas...)

Anónimo disse...

A Petite escreve e a Teresa corrige e dá mais uns toques de desgraça.

Anónimo disse...

Concordo plenamente com a Teresa, aqui não há maldade, há ironia, agora se forem ao blog da Petite e souberem o que ela é capaz d efazer, a pipi é apenas alguém, ou mais pessoas a satirizar com diversão. A outra espuma pela boca, não há comparação possível.

http://meus-vicios-puros.blogspot.com/