terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

sabes?


tu não sabes (porque eu nunca te disse), mas devias saber (bastava vires aqui ler o que eu estou a escrever)… ontem, quando comecei a estudar para a frequência, ainda faltavam 15 minutos e eu já tinha aberto o livro (estou orgulhosa de mim), lembrei-me de ti, senti-te o cheiro, por entre os copos de vinho que por vontade própria entravam na minha boca. senti-te o cheiro e quase te senti aqui a meu lado, mas afinal era o meu cão e não eras tu eduardo norte. eu tenho um cão (ou mais, estou a estudar letras, tudo que é números passa-me ao lado) (menos o horário do comboio). estou cansada de fingir, cansada de ver actrizes a fingir em palco, estafada de ver funcionários no mcdonald’s desejarem bom apetite aos clientes, saturada mulheres que fingem orgasmos. se ao menos a realidade fosse tão boa como quando estou com os meus amigos a ver séries (acho que me enganei, já não sei se risquei o certo ou o errado). já descarreguei o being John malkovich me preparei, vou sair daqui. espero voltar.
agora vou apagar este post, mas depois eu escrevo outro a dizer que este existia mas que o apaguei. não consigo alcançar o caps lock, está muito longe daqui (agora é para terem todos peninha de mim) dos 2m60cm onde me encontro, eu, pessoa que sou muita alta e nunca terei uma altura de pessoa frágil. adeus.

5 comentários:

Ême disse...

.).

Anónimo disse...

Ia jurar que alguém se tinha esquecido de fazer logout e mudar de conta...

Anónimo disse...

ia jurar?
tão fofinha...

Anónimo disse...

oh.

Anónimo disse...

Sempre estive. Nao sei como nem porque mas sei que sempre estive.